Terça, 13 Nov 2018   2:10hrs.Hora local:
Inicio   »   Mural   »   Há mais de 70 anos na Caparica

Há mais de 70 anos na Caparica

Nasci no Monte da Caparica, vivi em Lisboa e na Cova da Piedade.

Agora já reformado continuo a ir todas as semanas, ou quase, à Costa onde desde há alguns anos, mais de 20, tenho um andar na agora chamada Av. General Humberto Delgado n.º 27.

Lembro-me bem dos grandes areais, onde não era preciso colocar areia, não havia espigões e alguns restaurantes eram cobertos por canas.
Os tempos são outros. Os restaurantes têm muito melhor aspecto, e o bom peixe continua por lá.

Temos hoteis, já não é só o "Papo seco", de qualidade, melhores edificios, etc.
Acontece que quando comprei o andar, virado para o mar, tinha vista para a esquerda e para a direita e via o Sol ir dormir para dentro de água!
Depois fizeram construções do lado direito e deixei de poder ver a Torre do Bugio.

Com as obras de recuperação POLIS muito melhorou.
Acontece que o terreno que serviu de estaleiro em frente ao prédio, e que me disseram que se destinava a uma zona de lazer e de recreio para as crianças aparece agora com dois anuncios informando que se destina a um hotel com 8 pisos acima do solo.

Ora 8 pisos acima do solo darão mais ou menos 30 metros! claro que quem olha o anuncio é levado a pensar que é uma coisa baixinha.
Para além de ser uma oferta na orla do direito maritimo que exige especiais autorizações, se tal vier algum dia a acontecer trata-se de mais um atentado ao ambiente e ao bem estar dos residentes permanentes ou não.

Recordo-me do tempo que foi necessário para concretisar a construção dos prédios da Avenida na zona a que me estou a referir. Foram meses, anos, a tirar água. No meu prédio quando das grandes chuvadas de alguns anos atrás tivemos água na cave e danos na estrutura do edifício que se podem verificar pelo relatrório técnico efectuado na altura.

O pretenso hotel a ser construído irá alterar o movimento de águas em toda a envolvente com as consequências que os técnicos sabendo prever podem anular. Resta saber com que custos directos para a construção, não é meu problema, e indirectos nas indemnizações aos ofendidos pelos danos materiais directos e pela desvalorização das suas propriedades.

Talvez se esteja a tempo de evitar mais um atentado ao ambiente.

texto por Tomé Gil. Comentários para tpgil@sapo.pt.

Bookmark and Share

SPONSORED LINKS

HOTEL em DESTAQUE

Residencial Mar e Sol

Fundada em 1927 e completamente remodelada em 2004 a Residencial Mar e Sol ocupa um lugar impar na hotelaria da Costa da Caparica. Situada no centro da Vila, e na sua principal artéria, esta unidade de 1ª Categoria oferece aos seus ... + info

Reserve este ou outros hotéis na Costa da Caparica

Residencial Mar e Sol

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Renegociação da dívida' Bolsonaro e futuro ministro da Economia não se entendem
"Está fora de questão renegociar a dívida, está fora de questão' O que existe é uma preocu ...
» undefined
07/11/2018 07:24:01 (há 5 dias)
?Não há divergência nenhuma? entre Marcelo e o Governo, garante Presidente da República
À saída de uma conferência na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, questionado pela co ...
» undefined
07/11/2018 07:24:00 (há 5 dias)
Sonae renova contrato de ?swap? de capital com BPI
A Sonae adianta que o contrato de 'swap' com o BPI foi automaticamente renovado por um pra ...
» undefined
07/11/2018 07:23:59 (há 5 dias)
Telefónica poderá vender 23 centros de dados para reduzir dívida de 42'600 milhões de euros
A empresa espanhola de telecomunicações está a avaliar a possível venda de um total de 23 ...
» undefined
07/11/2018 07:23:59 (há 5 dias)
Tomás Correia: ?Temos uma Associação interclassista e intergeracional?
"Somos uma organização da sociedade civil, de capitais portugueses, com o centro de decisã ...
» undefined
07/11/2018 07:23:58 (há 5 dias)